Na rota da “cozinha sentimental” das aldeias históricas

Vamos pelas aldeias históricas ao sabor dos sabores. Arroz de costelas, borlhões e papas de carolo testemunham o passado do território. Um projecto recolhe receitas para salvar o legado gastronómico.

aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal,aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira,Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira
aldeias historicas portugal
Fotogaleria
aldeias historicas portugal Ricardo Junqueira

Célia Silva não é “grande apreciadora de queijo”, o que encerra alguma ironia, porque produz queijo DOP Serra da Estrela. “Provo o nosso porque aprendi”, confessa, entre sorrisos, diante de uma tábua com dois dos seus queijos: um “velho”, alaranjado, ocre, com “dez meses de cura” e outro “normal”, com o habitual mês e meio de cura mas que já esteve congelado em vácuo. “Não se nota”, assegura - e, sentencia, “não sou apreciadora, mas está bom. Há uns que têm sabor mais forte”. Este não o tem e está “amanteigado”. Antigamente, conta, o queijo Serra da Estrela era semimole, mas os consumidores agora parecem preferi-los assim.

Sugerir correcção
Comentar