Mehran Karimi Nasseri (1945-2022): o homem que fez do aeroporto a sua casa

Viveu 18 anos no Aeroporto Charles de Gaulle, em França, e a sua história inspirou o filme Terminal, de Steven Spielberg, com Tom Hanks como protagonista.

Foto
Mehran Karimi Nasseri ao lado do cartaz do filme de Steven Spilberg Terminal, que o tornaria famoso Victor Tonelli/Reuters

Sem o Aeroporto Charles de Gaulle, Mehran Karimi Nasseri teria, provavelmente, passado despercebido toda a sua vida. E ele sabia-o bem. Foi o facto de viver no Terminal 1 daquele aeroporto francês durante 18 anos, parte dos quais preso num limbo legal sobre a sua identidade e estatuto de refugiado, que fez a sua história dar a volta ao mundo e tornar-se maior do que ele próprio, quando serviu de inspiração ao filme Terminal (2004), de Steven Spielberg, com Tom Hanks como protagonista. Saiu, finalmente, do aeroporto em 2006, mas foi lá que viria a morrer, de ataque cardíaco, há uma semana, no dia 13 de Novembro.

Sugerir correcção
Comentar