Estranho seria se os mais novos não protestassem

Tem piada (quer dizer: nenhuma) ver tantos efetivos da tal geração rasca ofendidos com os jovens que agora protestam contra a inação política face às alterações climáticas.

Verdade: em Portugal qualquer pedrada no charco escandaliza. Veneramos o imobilismo e detestamos a originalidade e, sobretudo, a má rés dos agitadores. Recordo as ondas de choque quando Durão Barroso disse no Parlamento que o país ‘está de tanga’. Para larga porção da população, os constrangimentos das contas públicas (de tal ordem que ainda não nos livrámos deles) eram menos graves que o uso de uma expressão atrevida pelo primeiro-ministro.

Sugerir correcção
Ler 23 comentários