Aeroporto: PS desvaloriza “ciúmes” do Chega e elogia posição de negociação do PSD

Debate de urgência pedido pelo Chega só teve unanimidade numa crítica: a de que 60 anos é demasiado tempo para o processo de decisão do novo aeroporto. PCP e Bloco lamentaram reverência à Vinci; IL e Chega criticaram reunião de bloco central e PSD mostrou-se como partido responsável. Governo diz que todos poderão participar na decisão, em 2024.

Foto
Pedro Nuno Santos foi substituído pelo seu secretário de Estado (que assinou o decreto que acabou revogado) e pela ministra dos Assuntos Parlamentares LUSA/ANTONIO PEDRO SANTOS

O debate de urgência marcado pelo Chega para tentar encostar o PSD ao PS na questão do novo aeroporto e se queixar de que os dois partidos estão a tentar concertar à porta fechada uma matéria que tem que ser de consenso nacional acabou com os socialistas a defenderem a postura dos sociais-democratas e a acusarem o partido de André Ventura de estar a ter “uma crise de ciúmes” por causa da atitude “responsável" dos sociais-democratas. Só numa questão todos os partidos convergiram: os quase 60 anos que a discussão já leva é demasiado tempo.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários