Cinco dicas de estudantes deslocados para manteres o quarto arrumado

Da divisão de tarefas à roupa de cama, os estudantes universitários deslocados deixam dicas sobre como manter o quarto limpo – e o que não pode faltar na hora de fazer a mala.

Foto
O que levar e como manter o quarto limpo Norbert Levajsics/Unsplash

Arrendar uma casa, um quarto, viver com um familiar ou numa residência da faculdade. Esta é a realidade de muitos estudantes universitários sempre que se inicia um novo ano lectivo.

Viver deslocado também significa ter de manter o quarto limpo e arrumado, principalmente quando o espaço é partilhado. É o caso de Maria Rego, de 19 anos. A estudante, que frequenta o 2.º ano da licenciatura em Ciências da Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), já sabe como as coisas funcionam e decidiu, em conjunto com o colega de casa e de curso Luís Lopes, começar a limpar uma semana antes de as aulas começarem.

Carolina Costa não foi tão longe nas arrumações. Prefere reservar meia hora do dia para limpar a casa que partilha com mais dois estudantes.

Mas além das limpezas, dizem, é importante saber o que levar de casa dos pais e, por isso, deixam cinco dicas importantes para os novos estudantes universitários.

Maria Rego, 19 anos, está no 2.º ano em Ciências da Comunicação na FLUP. Maria Rego
Luís Lopes, 19 anos, partilha casa com Maria. Luís Lopes
Carolina Costa, 21 anos, está no 4.º ano de Direito na Universidade Portucalense, no Porto. Carolina Costa
Fotogaleria
Maria Rego

Limpar assim que sujar

Quando foi viver sozinho, Luís Lopes, 19 anos, percebeu que as coisas não iam aparecer feitas. Por outro lado, também não gosta de ter um horário para limpezas, por isso aconselha os jovens a deixarem a preguiça de lado e a limparem assim que algo está sujo.

Maria Rego concorda e adianta que é a única alternativa para manter a casa limpa, principalmente se não tiver muito espaço. Dividir tarefas também facilita o trabalho dos dois. “Limpamos a cozinha diariamente. Se um cozinha, o outro arruma”, conta.

Dividir as tarefas entre todos

Na casa de Carolina Costa existe um plano para manter tudo limpo. A estudante do 4.º ano de Direito na Universidade Portucalense, no Porto, conta que não consegue estudar com a casa e o quarto “desarrumados ou por limpar”.

O primeiro conselho é dividir as tarefas com os colegas de casa. E exemplifica: “Cada um arruma o seu quarto. As áreas comuns, limpamos uma vez por semana em conjunto. Por exemplo, esta semana limpo eu as casas de banho, para a próxima semana limpa a minha colega, e na outra o meu colega.”

Meia hora para arrumar o quarto

Para quem não gosta de seguir um plano de limpeza, Carolina deixa a alternativa de reservar alguns minutos do dia para limpar o quarto. Se estiver muito desarrumado, meia hora é o melhor, acrescenta a jovem de 21 anos.

Fazer a cama todos os dias e, no caso de quem vai a casa aos fins-de-semana, desfazer as malas no dia do regresso também é um bom começo, aponta Maria.

Duas viagens, dois tipos de bagagem

Trazer tudo o que vão precisar para o quarto arrendado de uma vez não é muito prático. Por isso, outra das sugestões dos jovens é fazer duas viagens: uma para trazer roupa e outra para coisas que ocupem mais espaço, como toalhas, lençóis e casacos.

Quando as estações mudarem, é sempre preferível levar o que já não vão vestir e trazer outras peças.

Não esquecer: roupa de cama, toalhas e panos de cozinha

Por último, no momento de fazer a mala, “roupa de cama, almofada e toalhas de banho não podem faltar”, diz Luís. Para Carolina, panos de cozinha e produtos de limpeza também são importantes. “Vamos limpar a casa com o quê?”, questiona.

Sugerir correcção
Comentar