“Meloni é muito inteligente e, por isso, pode ser perigosa”

Nathalie Tocci fala da importância das eleições de domingo para o futuro da UE e para o novo figurino parlamentar italiano. “Apoio a Putin no Parlamento italiano vai ser reduzido”, prevê a analista.

Foto
Giorgia Meloni, líder da extrema-direita, assume-se como a grande favorita a governar o país ANGELO CARCONI/Epa

Itália volta a eleições no próximo domingo e tudo aponta para que uma coligação de partidos de direita assuma o poder, emergindo uma nova figura. Giorgia Meloni, líder da extrema-direita, assume-se como a grande favorita a governar o país. Ao PÚBLICO, Nathalie Tocci fala da importância destes eleições para o futuro da União Europeia (UE) e aponta qual vai ser a posição do novo Parlamento italiano sobre a Rússia: “Penso que o próximo [Parlamento] será ainda mais favorável à Ucrânia do que o actual”, diz a directora do Istituto Affari Internazionali.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários