João Damas: o guardião da Internet

João Damas é português. Vive numa zona suburbana de Madrid. Tem a chave que dá acesso a um dos dois supercomputadores mais bem guardados do planeta, em Los Angeles (o outro está em Washington), que gerem todo o DNS, o sistema de nomes de domínios da Internet. Há 14 guardiões da Internet. João, que tem costela alentejana, e mais 13.

Foto

Por variadíssimas razões e mais alguma, não é informação que ande por aí a saltitar de endereço em endereço IP na teia global: no mundo, há 14 guardiões da Internet, cada um tem a chave dos nossos domínios, que garantem a segurança e a gestão do chamado Domain Name System, precisamente o Sistema de Nomes de Domínios, que é um dos pilares da Internet. Para abreviar: se todos os utilizadores da Internet navegassem de barco, o DNS seria simultaneamente o mar e a autoridade marítima. O DNS é a razão por que PT é o domínio de Portugal e não um 234.546.444.768.776 qualquer, onde se alojariam milhões de outras combinações numéricas correspondentes a cada endereço.

Sugerir correcção
Ler 13 comentários