Poupança do Estado com juros acaba para o ano, pela primeira vez desde 2014

Com o BCE a apertar a sua política, o Governo já se viu obrigado a deixar de contar com uma nova poupança com juros no OE de 2023, algo que vinha acontecendo sem interrupção desde 2014.

Foto
Daniel Rocha

Pela primeira vez desde 2014, o Governo está a prever que a despesa pública com juros da dívida, em vez de gerar poupanças, se irá agravar no próximo ano. É o fim de um período de oito anos em que a política monetária do BCE, em combinação com um aumento da credibilidade das finanças públicas portuguesas, contribuiu decisivamente para melhorar os saldos orçamentais.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários