Autoridade da Concorrência pede “prudência” no controlo dos preços contra a inflação

Autoridade alerta para o risco de as empresas contornarem os tectos e insiste que cada concorrente deve “fixar os seus preços” de forma autónoma.

Foto
Margarida Matos Rosa, presidente da AdC Rui Gaudencio

A Autoridade da Concorrência (AdC) desaconselha que se fixem preços máximos na venda de produtos como forma de combater a inflação elevada, porque essa opção, diz, implica riscos para a própria concorrência e, por arrasto, para os consumidores, por poder reduzir a oferta e provocar rupturas nas cadeias de valor.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários