Ilha de Páscoa reabre ao turismo mais de dois anos depois

Mais de dois anos depois de ter encerrado ao turismo devido à pandemia, a ilha de Rapa Nui, mais conhecida como Ilha de Páscoa, recebe turistas. Primeio avião com visitantes em 27 meses: 4 de Agosto.

Foto
Ilha da Páscoa Reuters/REUTERS/CARLOS BARRIA

Durante quase dois anos e três meses, a única ligação a Rapa Nui, conhecida como Ilha de Páscoa, afamada pelos gigantes de pedra moai, era um voo humanitário num avião de carga. Uma vez por semana, podiam sair 30 pessoas e regressar dez a partir do território continental do Chile, a cerca de 3600 quilómetros de distância. Nada mais. Ao primeiro caso positivo de covid-19, confirmado a 11 de Março de 2020, a pequena ilha isolou-se na imensidão do oceano Pacífico, encerrando fronteiras e suspendendo voos comerciais, como forma de proteger a população local contra a pandemia.

Sugerir correcção
Comentar