TAP fechou as portas da manutenção no Brasil após prejuízos de quase 600 milhões em 13 anos

Contas da TAP SGPS mostram que o prejuízo do negócio no Brasil foi de 84,3 milhões no ano passado. Em Maio, a operação fechou definitivamente as portas. Humberto Pedrosa diz que não recebeu nada em troca da saída da TAP. “Sempre fiz parte da solução, não tive nenhuma contrapartida, não estou arrependido e voltava a fazer o mesmo”, afirmou.

empresas,economia,parpublica,groundforce,tap,transportes,
Fotogaleria
Negócio de manutenção no Brasil gerou prejuízos de forma crónica à TAP EPA/MÁRIO CRUZ
empresas,economia,parpublica,groundforce,tap,transportes,
Fotogaleria
Humberto Pedrosa passou os seus 22,5% da TAP SGPS para o Estado no final de Dezembro de 2021 Nuno Ferreira Santos

O negócio de manutenção e engenharia da TAP no Brasil (TAP M&E Brasil) voltou a gerar prejuízos no ano passado no valor de 84,3 milhões de euros, segundo o relatório e contas do grupo agora disponibilizado no site da empresa.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários