Abramovich: paraíso caribenho é um dos destinos de eleição do mais rico dos portugueses

O território ultramarino francês é um refúgio incontornável nas viagens do multimilionário Abramovich, que passou por Portugal apenas duas vezes e por escassas horas.

Foto
São Bartolomeu é uma ilha com 21 quilómetros quadrados Andrew Woodley

No mapa das viagens de Roman Abramovich existe um refúgio especial recorrente. Nas águas azul-turquesa das Caraíbas, a exclusiva e minúscula Ilha de São Bartolomeu é (era) escala obrigatória do multimilionário naturalizado português várias vezes ao ano. Foi neste território ultramarino de França que adquiriu, em 2009, uma luxuosa mansão inserida num terreno de 28 hectares, por 88,5 milhões de euros. Uma propriedade congelada pelas autoridades francesas em Abril deste ano na sequência das sanções decretadas pela União Europeia aos oligarcas russos com ligações a Vladimir Putin.

Sugerir correcção
Comentar