Conceição Amaral reconduzida na presidência do Opart

Presidente do organismo que gere o teatro nacional de ópera lisboeta, assim como a Orquestra Sinfónica Portuguesa e a Companhia Nacional de Bailado, fará mais um mandato.

Foto
Conceição Amaral tem à sua frente mais um mandato de três anos Rui Gaudêncio

No dia em que o Teatro Nacional de São Carlos divulgou a programação da sua próxima temporada lírica e sinfónica, o Ministério da Cultura revelou que convidou Conceição Amaral, presidente do Organismo de Produção Artística (Opart), responsável pela gestão do São Carlos, da Orquestra Sinfónica Portuguesa e da Companhia Nacional de Bailado, a cumprir um novo mandato.

Sugerir correcção
Comentar