Jens Stoltenberg: do pacifista anti-NATO ao leme da maior aliança militar do mundo

Das ligações ao KGB às cantigas anti-NATO, Jens Stoltenberg percorreu um longo caminho até chegar ao mais alto cargo da Aliança Atlântica. Defensor do diálogo e da diplomacia, lidera a maior aliança militar do mundo, vizinha de uma Ucrânia em guerra. Na Cimeira da NATO de Madrid, a partir de terça-feira, vai estar no centro das atenções.

Foto
Aliados decidiram prolongar o mandato do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, por mais um ano, até Setembro de 2023, face à guerra na Ucrânia RITZAU SCANPIX/Getty Images

Se o actual rosto da Defesa militar ocidental se encontrasse com o adolescente que entoava cânticos anti-NATO, e que atirou pedras contra a embaixada dos Estados Unidos, talvez começasse por lhe dizer: estavas errado.

Sugerir correcção
Ler 30 comentários