Contracepção, casamento entre pessoas do mesmo sexo — até onde poderá ir o Supremo dos EUA?

Opinião do juiz Clarence Thomas mostra que outros direitos podem estar ameaçados nos Estados Unidos. O perigo não é imediato, mas existe, dizem especialistas em direito.

Foto
Protestos contra a reversão da decisão do caso Roe vs. Wade - os activistas temem que o Supremo decida sobre outros direitos EVELYN HOCKSTEIN/Reuters

A decisão do Supremo dos Estados Unidos em relação ao aborto pode abrir a porta a que muitos outros direitos adquiridos sejam postos em causa. Embora na sua decisão, o juiz Samuel Alito sublinhe que este caso não deve ser encarado como um precedente para outros, é precisamente isso que os juízes liberais do Supremo dizem que vai acontecer. E a declaração de voto do juiz conservador Clarence Thomas já aponta nesse sentido.

Sugerir correcção
Ler 30 comentários