A Cidade do Rock voltou a acordar e trouxe os Muse, sofás e milhares de pessoas

A banda britânica foi o grande ponto alto do arranque da nona edição do Rock In Rio Lisboa. Mas não faltaram os famosos brindes e os desafios, nem as pessoas: aos milhares, e com boa disposição.

RG Rui Gaudêncio - 18 Junho 2022 - Primeiro dia do Rock in Rio. Concerto Liam Gallagher.  Lisboa. Público�
Fotogaleria
Milhares de pessoas acorreram ao primeiro dia da edição 2022 do Rock in Rio Lisboa Rui Gaudêncio
RG Rui Gaudêncio - 18 Junho 2022 - Primeiro dia do Rock in Rio. Concerto Muse. Lisboa. Público�
Fotogaleria
Os britânicos Muse foram cabeças de cartaz da abertura do Rock In Rio, em substituição dos Foo Fighters,Os britânicos Muse foram cabeças de cartaz da abertura do Rock In Rio, em substituição dos Foo Fighters Rui Gaudêncio,Rui Gaudêncio
RG Rui Gaudêncio - 18 Junho 2022 - Primeiro dia do Rock in Rio.  Concerto The National. Lisboa. Público�
Fotogaleria
Matt Berninger, dos The National Rui Gaudêncio

Os famosos sofás vermelhos estão de volta à Cidade do Rock, depois de dois anos de adiamentos forçados à custa da pandemia, e com eles milhares de pessoas (74 mil, segundo a organização). São de tal forma cobiçados, estes sofás, que ninguém arreda o pé da fila, que se estende pelo recinto fora. Nem mesmo quando chega a vez dos artistas mais esperados desta nona edição do Rock In Rio Lisboa.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários