PCP quer mapear a qualidade dos solos e o estado de conservação das áreas protegidas

Por ocasião do Dia Mundial do Ambiente, os comunistas propõem concretizar medidas que o Governo tem na gaveta desde 2016 e remediar problemas da descentralização.

Foto
Praia fluvial de Loriga, no Parque Natural da Serra da Estrela, que integra a Rede Natura 2000 Nelson Garrido

Catalogar para conhecer a realidade e saber como actuar: para assinalar o Dia Mundial do Ambiente que se comemorou neste domingo, o PCP propõe que seja feito um Atlas da Qualidade do Solo nacional e um diagnóstico do estado de conservação de cada área protegida de âmbito nacional, regional e local. Os comunistas entregam nesta segunda-feira no Parlamento três projectos de lei, onde se inclui ainda uma nova lei orgânica da gestão das áreas protegidas.

Sugerir correcção
Comentar