China acusa EUA de promoverem estratégia de confronto entre as duas potências

Chefe da diplomacia de Pequim diz que a “extrema ansiedade” norte-americana “é completamente desnecessária” e voltou a pedir a Washington que abandone a mentalidade de Guerra Fria.

Foto
Wang Yi durante a sua visita às Ilhas Salomão Reuters/STRINGER

A China acusou esta terça-feira os Estados Unidos de estarem a forçar uma estratégia de confronto entre as duas potências e a ameaçar a estabilidade de outras nações. O aviso foi dado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Wang Yi, para quem Washington deve escolher o caminho certo nas relações com Pequim e abandonar a mentalidade de Guerra Fria.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários