Quão longa pode ser a covid-19?

Ainda são muitas as questões por responder sobre a covid-19 longa (ou pós-covid-19). Aquilo que se sabe mesmo é que existe e tem vindo a afectar a qualidade de vida de muitas pessoas anteriormente infectadas com o SARS-Cov-2. Lançamos algumas perguntas e respostas sobre o que se sabe (e ainda não se sabe) quanto a este fenómeno.

Foto
Unsplash

“Estou sempre com dores de pernas e cansada. Até a tomar banho me canso…” Este continua a ser o relato de Lídia Dinis depois de ter sido infectada por o coronavírus SARS-Cov-2 há mais de um ano pela primeira vez – em Março de 2021 – e após uma segunda infecção em Dezembro. Da primeira vez, não teve febre nem tinha uma falta de ar para que fosse necessário o internamento. Mas nem por isso viveu tempos fáceis: “Fiquei sem andar porque tinha dores nas pernas muito fortes. Tive muitas dores de cabeça e nem conseguia estar de pé. Não me conseguia mexer para nada.” Da segunda vez, já vacinada, teve dores no corpo e ficou rouca. Nada que se comparasse com o que tinha passado em Março desse mesmo ano.

Sugerir correcção
Comentar