A mudança de estatuto da Polónia, elogiada pelo acolhimento de refugiados da Ucrânia

A Polónia, e também a Hungria, países problemáticos da União Europeia, com as suas questões de funcionamento do Estado de direito, são agora países-chave para a UE quando há uma guerra na Ucrânia.

Foto
Refugiados esperam em Lviv para viajar para a Polónia KAI PFAFFENBACH/Reuters

A imagem de carrinhos de bebé num cais de uma estação de caminho-de-ferro na Polónia, deixados para as ucranianas que pudessem precisar para os seus bebés, foi um dos símbolos do acolhimento de pessoas em fuga por países próximos da Ucrânia. A Polónia, e também a Hungria, países problemáticos da União Europeia, com as suas questões de funcionamento do Estado de direito, são agora países-chave para a UE quando há uma guerra na Ucrânia. A Polónia, em especial tem-se apresentado como um exemplo no acolhimento de refugiados, numa posição totalmente oposta à que teve durante a chegada de refugiados da Síria em 2015/16.

Sugerir correcção
Comentar