Ricardo Salgado condenado a seis anos de prisão efectiva por abuso de confiança

Tribunal considerou provado que ex-banqueiro se apropriou de 10,6 milhões de euros da Espírito Santo Enterprises. Também o diagnóstico de Alzheimer foi dado como provado mas juiz não disse se tal serviu como atenuante. Salgado tem de entregar o passaporte.

Foto
Ricardo Salgado foi condenado esta segunda-feira PAULO CUNHA

O Tribunal Central Criminal decidiu, esta segunda-feira, condenar Ricardo Salgado a uma pena de seis anos de prisão efectiva por três crimes de abuso de confiança, no âmbito do processo da Operação Marquês. Na leitura da sentença, o juiz considerou que, “feita a prova do processo, o tribunal deu como provado a quase totalidade dos factos”.

Sugerir correcção
Ler 33 comentários