Triângulo de Weimar realiza a primeira cimeira em 11 anos para “evitar a guerra na Europa”

Scholz recebeu Macron e Duda em Berlim para discutir formas de Alemanha, França e Polónia contribuírem com soluções para fazer desescalar a tensão na Europa.

Foto
Presidente polaco, Andrzej Duda, chanceler alemão, Olaf Scholz, e o Presidente francês, Emmanuel Macron esta terça-feira em Berlim Reuters/POOL

Foi preciso um estado de tensão muito grande na Europa para Alemanha, França e Polónia se recordarem do grupo tripartido que formaram em 1991 e voltarem a convocar uma cimeira de chefes de Estado e de governo 11 anos depois da última vez que se juntaram sob os desígnios do Triângulo de Weimar. O chanceler alemão, Olaf Scholz, explicou o porquê na conferência de imprensa conjunta antes do encontro em Berlim: “O nosso objectivo comum é o de evitar uma guerra” e “manter a paz na Europa através da diplomacia”.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários