Portugal-França, uma temporada que cruza 500 artistas mas não vai falar só de arte

O intercâmbio cultural proposto por António Costa e Emmanuel Macron inclui voos parabólicos e outros eventos paralelos às grandes conferências dos oceanos que os dois países organizarão este ano. Ao todo, serão mais de 200 projectos para acompanhar de Fevereiro a Outubro, a um ritmo de quatro eventos por semana.

Foto
Concerto da pianista Maria João Pires acompanhada pela Orquestra Gulbenkian inaugura oficialmente a temporada cruzada Portugal-França na Philharmonie de Paris nelson garrido

Entre o Palácio da Ajuda e a Torre Eiffel, com a pompa possível de uma conferência de imprensa online, dois ministros e duas ministras apresentaram na manhã desta terça-feira a Temporada Portugal-França 2022, uma programação que nos próximos nove meses cruzará os dois países com mais de 200 projectos e 480 eventos, respondendo a uma ideia lançada em 2018 pelo primeiro-ministro António Costa e pelo Presidente francês Emmanuel Macron para estabelecer uma “ponte” entre as duas presidências da União Europeia.

Sugerir correcção
Comentar