Empresas “caixa de correio” ficam impedidas de receber benefícios fiscais na UE

Bruxelas quer impedir que entidades fictícias sejam aproveitadas para planeamento fiscal agressivo, evasão e lavagem de dinheiro.

Foto
Bruxelas propõe que as novas regras estejam em vigor na UE em Janeiro de 2024 Valentyn Ogirenko

O aviso é do vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, e condensa o ímpeto que levou Bruxelas a desenhar as novas normas para combater as empresas de fachada: “Não há lugar na Europa para aqueles que exploram as regras para efeitos de evasão, elisão ou branqueamento de capitais: todos devem pagar a sua quota-parte justa de impostos”.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários