Cartões apreendidos a João Rendeiro podem levar aos 9,2 milhões que a Justiça nunca encontrou

Tribunal deu como provado que o ex-banqueiro se apropriou indevidamente de mais de 13,6 milhões de euros, mas o Ministério Público apenas conseguiu arrestar-lhe 4,4 milhões e 124 obras de arte.

crime,justica,banca,singapura,africa-sul,suica,
Fotogaleria
João Rendeiro está detido desde sábado na África do Sul MÁRIO CRUZ
crime,justica,banca,singapura,africa-sul,suica,
Fotogaleria
Este é o tribunal onde João Rendeiro vai ser ouvido pelo juiz sul-africano esta segunda-feira LUSA/LUÍS MIGUEL FONSECA

O Ministério Público (MP) nunca conseguiu saber e provar, com exacta certeza, quanto dinheiro João Rendeiro tinha no estrangeiro e por isso o valor que lhe foi arrestado, entre bens e contas bancárias, ficou muito aquém do que lhe é reclamado, quer pelo Estado quer pela massa insolvente do banco.

Sugerir correcção
Comentar