Taiwan: luta de titãs nas cadeias de abastecimento globais de semicondutores

Com um território que é cerca de 40% do português e uma história marcada por várias crises político-militares, é surpreendente o sucesso de Taiwan. O conflito comercial EUA-China e a pandemia de covid-19 provocaram abalos nas cadeias de abastecimento globais de semicondutores, realidade que deu a Taiwan ainda mais relevância. Porquê?

Foto
Walid Berrazeg/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

1. Taiwan, a ilha Formosa, é hoje um ponto crítico maior da geopolítica do século XXI. A centralidade que a questão ganhou na política mundial dos últimos tempos é algo relativamente novo, sendo uma consequência directa da ascensão da China e da crescente importância da Ásia-Pacífico. Todavia, a origem da questão é relativamente antiga, datando do mundo do pós-II Guerra Mundial. Nessa época, as forças comunistas de Mao Tsetung (Mao Zedong) venceram a guerra civil e fundaram a República Popular da China. Quanto ao governo do Kuomintang (Partido Nacionalista Chinês) de Chiang Kai-shek, acabou por se ver forçado a retirar para a ilha de Taiwan em finais de 1949. (Entre 1895 e 1945, Taiwan foi uma colónia do Japão.) Foi nesse contexto que surgiram dois governos a disputar a legitimidade, dividindo-se o mundo exterior entre o reconhecimento do novo governo comunista em Pequim e o reconhecimento do anterior que se refugiou em Taiwan.

Sugerir correcção
Ler 18 comentários