Ómicron já abala confiança dos consumidores e das empresas

Expectativas relativamente à evolução da economia nos próximos meses deterioraram-se em Novembro, tanto em Portugal como no resto da zona euro. A perspectiva de uma retoma rápida em 2022 pode estar sob ameaça.

Foto
Vários indicadores dão já conta de uma desaceleração da actividade económica Reuters/FABIAN BIMMER

Apesar de as economias se estarem agora a adaptar mais facilmente aos altos e baixos da pandemia, são mesmo assim cada vez mais evidentes os sinais de que a recente subida do número de casos de covid, agravada pelo aparecimento de uma nova variante, está a começar a pesar na confiança dos consumidores e das empresas em relação ao futuro, ameaçando mais uma vez a força da retoma europeia e portuguesa.

Sugerir correcção
Comentar