EUA contestam regras vinculativas contra armas letais autónomas

Em Dezembro, as Nações Unidas promovem o debate sobre o futuro da legislação sobre armas letais autónomas. Os EUA estão contra a estipulação de regras vinculativas. Já a Nova Zelândia defende a proibição internacional destas máquinas.

Foto
DON BARTLETTI/MCT Drone voa em missão de treino sobre Victorville, na Califórnia (EUA), em Janeiro de 2010

Os Estados Unidos estão contra regulação vinculativa que proíba ou limite o uso de armas letais autónomas. Em vez disso, propõem um código de conduta. A Índia partilha a mesma opinião. Já a Nova Zelândia diz que é preciso uma proibição das máquinas a nível internacional. 

Sugerir correcção
Ler 7 comentários