Marcelo promulgará “sem problema” uma lei da eutanásia “bem feita”

Presidente critica a forma apressada como o parlamento acabou por aprovar o novo diploma da morte medicamente assistida. PS reconhece que lei tem de ser “absolutamente inequívoca” e promete melhorá-la logo no início da próxima legislatura.

Foto
Marcelo Rebelo de Sousa admite promulgar a eutanásia na próxima legislatura Daniel Rocha

O Presidente da República está disposto a promulgar uma nova lei da morte medicamente assistida, desde que seja “minimamente bem feita e em tempo”, ouviu o PÚBLICO de fonte próxima de Marcelo Rebelo de Sousa.

Sugerir correcção
Ler 14 comentários