Hawkeye é a série que serve um Natal à moda da Marvel

Nova série da Disney+ volta aos Vingadores das franjas para uma história que quer atingir o espectador no seu âmago. “Não é intergaláctico, é tudo humano, é diversão de Natal, é Nova Iorque”, diz Jeremy Renner ao PÚBLICO.

Foto
Jeremy Renner e Hailee Steinfeld Marvel Studios

Hawkeye é a quarta série de acção real da Marvel na sua fase Disney+ e logo no segundo episódio enfrenta a sua própria potencial vulnerabilidade quando a personagem de Kate Bishop (interpretada por Hailee Steinfeld) diagnostica ao herói do título: “O teu problema é branding”. O Gavião Arqueiro é um dos Vingadores, é certo, e tal como Wanda, Vision, Falcão ou o Soldado do Inverno não é dos heróis centrais na grande fábula multiplataformas que a Marvel tece há décadas na cultura popular. E nem tem os poderes de Loki, o outro personagem deste universo a ter uma série em nome próprio em streaming, para o ajudar. Mas é Natal, é Nova Iorque, e Jeremy Renner está bem disposto no Zoom a falar supersonicamente com o PÚBLICO.