A escola não aprendeu com a pandemia

As notas subiram, mas as desigualdades aumentaram e a falta de professores agudizou-se.

O distanciamento histórico ajudará a perceber o impacto da covid-19 no modelo de escola. Por agora, regista-se a aceleração das aprendizagens digitais de professores e alunos e um conjunto imutável de variáveis estruturais que nos permite concluir que a escola não aprendeu com a pandemia. E não se trata de exigir o inatingível. Requer-se a inscrição de objectivos possíveis, mas numa lógica diferenciada num momento de injecção de milhões de euros.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários