Cinquenta anos depois da expulsão, as portas da ONU continuam fechadas para Taiwan

Aprovada em 1971, a resolução 2758 retirou os direitos diplomáticos da ilha e entregou-os à República Popular da China. Desde essa altura que Taiwan é impedida de aceder à organização mundial e às suas agências.

Foto
Membros do Comité de Admissão de Taiwan na ONU manifestam-se em Nova Iorque antes da Assembleia Geral de 2018 Lev Radin/Pacific Press/LightRocket/Getty Images

Taiwan é um território cujo estatuto constitucional e diplomático parece desfasado do tempo em que vive. Desde o dia em que o governo nacionalista chinês de Chiang Kai-shek chegou à ilha, fugindo de Mao Tsetung, há mais de 70 anos, que a sua existência tem sido moldada por acontecimentos que ficaram congelados no século passado.