Vice-presidente de Angola e filha exigem 750 mil euros a jornalista nos tribunais

Em causa estão declarações sobre os gastos em vestidos comprados para o casamento da filha de Bornino de Sousa adquiridos na loja de uma famosa estilista em Nova Iorque que terão custado cerca de 150 mil euros.

Foto
Bornito de Sousa, vice-Presidente de Angola AMPE ROGE´RIO / LUSA

O vice-presidente de Angola, Bornito de Sousa, e a sua filha Naulila exigem uma indemnização de 750 mil euros a um jornalista britânico nos tribunais portugueses, por causa de declarações que o repórter fez num livro publicado no final de 2019. Em causa estão os gastos em nove vestidos comprados para o casamento da filha de Bornito de Sousa, em Outubro de 2014, que foram adquiridos na loja de uma famosa estilista em Nova Iorque e terão custado cerca de 150 mil euros.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários