Ambientalistas alertam que aumento dos combustíveis é “inevitável” e “vai doer”

Por razões ambientais, o recurso a combustíveis fósseis vai tornar-se cada vez mais caro, avisam ambientalistas. Resposta tem de passar pelo recurso a transportes públicos de qualidade.

Foto
A descida do ISP anunciada pelo Governo foi engolida pela nova subida do preço dos combustíveis Nuno Ferreira Santos

A comunidade científica e política empenhada em baixar o volume de emissões de gases com efeito de estufa tem repetido até à exaustão que o mundo só vai conseguir cumprir metas ambientalmente sustentáveis (nomeadamente limitar o aquecimento global a 1,5 graus Celsius em relação aos valores pré-industriais) se reduzir muito a sua dependência dos combustíveis fósseis. Por isso, ninguém deveria estranhar que o recurso a bens como o gasóleo e a gasolina se torne cada vez mais caro. Mas a escalada recente dos preços dos combustíveis – conjuntural, e não estrutural, salvaguarda um dos especialistas ouvidos pelo PÚBLICO mostrou que não estamos preparados para essa mudança. E, ambientalmente, esse é o grande problema.