Recurso de outro arguido atrasa cumprimento da pena de cinco anos e oito meses a que João Rendeiro foi condenado

Ex-banqueiro decidiu fugir ignorando a notificação para se apresentar à juíza para avaliação das medidas de coacção num processo em que foi condenado a 10 anos. Desde esta quarta-feira que é considerado um fugitivo porque tem um mandado de detenção internacional em seu nome.

Foto
evr enric vives-rubio

Na iminência de ter de cumprir uma pena de prisão efectiva de cinco anos e oito meses por vários crimes de falsidade informática e falsificação de documentos, no âmbito do processo relacionado com a adulteração da contabilidade do BPP, envolvendo uma verba a rondar os 40 milhões de euros, o ex-banqueiro João Rendeiro decidiu fugir. Está neste momento em parte incerta, alegadamente fora da Europa para evitar uma extradição.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários