Covid-19. “Actividade pandémica” com tendência decrescente em Portugal

Relatório do INSA e da DGS revela que incidência, mortalidade e internamentos por covid-19 apresentam uma “tendência decrescente” em Portugal.

Foto
Paulo Pimenta

A “actividade pandémica” relacionada com a covid-19 ainda apresenta uma intensidade moderada em Portugal, mas a tendência é decrescente a nível nacional. A prova desta desaceleração é a diminuição de todos os indicadores que têm sido utilizados para medir a presença da doença — dos novos casos, passando pelos internamentos e pela mortalidade —, segundo revela o relatório de Monitorização das Linhas Vermelhas para a covid-19.