Oposição húngara unida lança eleições primárias rumo às legislativas de 2022

Pela primeira vez, a oposição anti-Fidesz vai coligar-se a nível nacional para tirar a extrema-direita do poder, onde se encontra desde 2010. E escolheu um método inédito no país para escolherem os candidatos.

Foto
Orbán está no poder na Hungria desde 2010 Bernadett Szabo / Reuters

Os partidos da oposição húngara iniciaram este sábado um longo processo de eleições primárias para definirem um nome que irá tentar retirar do poder o Fidesz do primeiro-ministro Viktor Orbán nas eleições legislativas do próximo ano.