Pedro Choy diz-se alvo de ameaças de morte

Rosto da medicina chinesa em Portugal exige 80 mil euros em tribunal a médico que o chamou charlatão e revela que grande parte da lei que validou as terapias não convencionais é da sua lavra. Origem das intimidações de que foi alvo está a ser investigada.

Foto
Pedro Choy (à esquerda) à entrada do tribunal Rui Gaudêncio

O impulsionador da medicina tradicional chinesa em Portugal, o empresário Pedro Choy, disse esta sexta-feira em tribunal ter sido alvo de ameaças de morte na sequência das críticas à fiabilidade das terapias que usa nas suas clínicas.