“Defender quem não pode defender-se”

As convicções pessoais dos jornalistas devem ficar à porta dos relatos, que se pretendem factuais e isentos.

A reportagem sobre a corrida de touros de homenagem ao cavaleiro João Moura, da autoria da jornalista Cristiana Faria Moreira (26 de Agosto de 2021), com o título “Animais: ‘É meu dever defender quem não se pode defender'”, originou um protesto do leitor Vasco Loução.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários