Sem prémio, juros dos novos certificados do tesouro vão até 1,6%

Novo produto de poupança pode ser subscrito a partir da próxima segunda-feira. Substitui Certificados do Tesouro Poupança Crescimento, cujos juros atingiam os 2,25% no último ano, sem contar com o prémio associado ao crescimento do PIB.

Foto
LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO

Os novos Certificados do Tesouro Poupança Valor (CTPV), novo produto de poupança que o Governo aprovou esta sexta-feira em Conselho de Ministros (CM), com “taxa fixa garantida e características que se aproximam das actuais condições de financiamento da República”, têm um retorno de 0,70% no primeiro ano e terminam nos 1,60% no sétimo ano. Isto, sem contabilizar o prémio associado ao crescimento do PIB, cujo peso também diminui face Certificados do Tesouro Poupança Crescimento, cuja subscrição agora cessa.