Moderação dos taliban? Composição do Governo e reacção do Ocidente sugerem que não

EUA dizem que “os nomes do Governo interino não inspiram confiança” e a UE reage com muitas reservas e “preocupação” à presença dos elementos da linha mais radical do grupo islamista. China está mais optimista. Mulheres deverão ser proibidas de praticar desporto no Afeganistão.

Foto
Símbolo oficial do Emirado Islâmico do Afeganistão pintado num dos muros da antiga embaixada dos EUA em Cabul. EPA

Aqueles que acreditavam (ou que acreditam) que, neste regresso ao poder no Afeganistão, os taliban iriam trilhar um caminho de moderação, divergente do regime extremista que governou o país da Ásia Central entre 1996 e 2001, dificilmente terão encontrado sinais nesse sentido olhando para a composição do Governo interino do Emirado Islâmico do Afeganistão e para algumas das primeiras decisões por ele tomadas.