Manuel, o autarca que ganhou as eleições à boleia de uma bicicleta

A história de umas eleições em Quelimane, Moçambique, que puseram as dificuldades de quem usa a bicicleta na agenda daquela cidade, marcou o primeiro dia da conferência Velo City, que decorre até quinta-feira em Lisboa.

Foto
Um ciclista de “táxi-ginga” transporta uma cliente, em Quelimane. A actividade é importante para a economia local António Silva/Lusa

Esta notícia não é sobre Lisboa. É certo que na capital a campanha eleitoral também se faz à boleia das bicicletas, mas a primeira manhã da conferência Velo-City, que entre esta segunda e quinta-feira se realiza na FIL, teve outra história autárquica bem mais estimulante pelas condições nada fáceis em que decorreu. Manuel de Araújo, presidente da Câmara de Quelimane, na província moçambicana da Zambézia, é conhecido como o autarca das bicicletas. E não apenas porque pedala, como boa parte dos seus conterrâneos, mas porque pôs a bicicleta no centro da campanha que o levou à liderança do município. Uma lição para as eleições que aí vêm, em Portugal. 

Sugerir correcção
Ler 1 comentários