Joe Berardo garantiu caução com hipoteca a imóveis que valem oito milhões de euros. Carlos Alexandre aceitou

Os imóveis pertencem a sociedades de familiares do empresário madeirense que, além de pagar uma caução, também teve de entregar o passaporte como medida de coacção para sair em liberdade.

Foto
LUSA/NUNO VEIGA

O juiz de instrução criminal Carlos Alexandre aceitou a proposta de pagamento da caução de cinco milhões de euros a que Joe Berardo ficou sujeito como medida de coacção no processo que investiga os créditos concedidos pela Caixa Geral de Depósitos (CGD). A informação foi avançada pela SIC Notícias e confirmada pelo PÚBLICO junto do advogado do empresário madeirense.