Alexander Kluge, ou o cinema como caleidoscópio de sentimentos

Casa do Cinema Manoel de Oliveira apresenta a maior retrospectiva em Portugal do cineasta alemão, que inclui uma exposição e um filme inéditos e a edição de um catálogo.

lisbon-estoril-film-festival-,cinema,culturaipsilon,manoel-oliveira,serralves,livros,
Fotogaleria
Alexander Kluge: Política dos Sentimentos vai ficar na Casa do Cinema Manoel de Oliveira até 14 de Novembro Nelson Garrido
lisbon-estoril-film-festival-,cinema,culturaipsilon,manoel-oliveira,serralves,livros,
Fotogaleria
Treze ecrãs preenchem a principal sala da exposição Nelson Garrido
lisbon-estoril-film-festival-,cinema,culturaipsilon,manoel-oliveira,serralves,livros,
Fotogaleria
Programa inclui também uma retrospectiva e a edição de um catálogo Nelson Garrido
lisbon-estoril-film-festival-,cinema,culturaipsilon,manoel-oliveira,serralves,livros,
Fotogaleria
Vincent Pauval e António Preto, curadores da iniciativa Nelson Garrido

Entra-se em Alexander Kluge: Política dos Sentimentos como numa igreja recheada de vitrais da cultura contemporânea, o mesmo é dizer, de ecrãs multimédia. A imagem é de Vincent Pauvel, o crítico francês e co-curador, com António Preto, da exposição que esta quinta-feira abre ao público na Casa do Cinema Manoel de Oliveira, no Porto.