Setúbal é que é

Estou a apaixonar-me por Setúbal há 60 anos. Só nos últimos dias é que me dei conta que era amor e que já não havia nada a fazer.

Estou a apaixonar-me por Setúbal há sessenta anos – mas só nos últimos 30 é que a coisa se agravou. Quando ia com os meus pais, a paixão por Setúbal não era minha – era deles. Mas alguma coisa se infiltrou pelos meus olhos meninos, durante aqueles almoços ao ar livre, quando me estavam a ensinar a comer peixe.