Uma provedoria dos leitores

A informação livre e rigorosa é um bem público, de todos os cidadãos, e tem de ser defendida como a liberdade.

“A meu ver, houve uma inversão de funções – o formador de opinião cumpriu, felizmente e muito bem, o que devia ter sido o trabalho jornalístico.” O leitor Manuel Rodrigues é uma das excepções à regra que preside ao correio enviado ao provedor a propósito dos textos de opinião publicados pelo jornal. Considera ele que ficou mais bem informado sobre a recente cimeira Biden-Putin lendo uma coluna de opinião no PÚBLICO do que através das notícias sobre esse acontecimento divulgadas pelo jornal.