GNR apenas controlou as saídas de Lisboa, mas as entradas também são proibidas

Autocarros de passageiros e de turismo não são controlados pelos militares nas entradas e saídas da Área Metropolitana de Lisboa.

coronavirus,transporte-rodoviario,transito,sociedade,gnr,transportes,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
coronavirus,transporte-rodoviario,transito,sociedade,gnr,transportes,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
coronavirus,transporte-rodoviario,transito,sociedade,gnr,transportes,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
coronavirus,transporte-rodoviario,transito,sociedade,gnr,transportes,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
coronavirus,transporte-rodoviario,transito,sociedade,gnr,transportes,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
Segmento A
Fotogaleria
Rui Gaudêncio

A GNR apenas controlou as saídas da Área Metropolitana de Lisboa (AML), apesar de o decreto-lei do Governo determinar que as entradas também estão proibidas para quem não tenha um motivo válido. Os autocarros de passageiros ou de turismo também não são controlados nas saídas da capital, furando assim o “cerco” imposto pelo executivo.