Processo de devolução de computadores às escolas é “novo”, implica “esforço” e ainda levanta interrogações

Escolas terão de recolher computadores de alunos de alguns ciclos: há quem já esteja a iniciar o processo, quem o vá fazer no próximo mês, e quem aguarde orientações da tutela sobre recolha de manuais, para conciliar ambas as entregas.

Foto
Paulo Pimenta

Preocupações com o armazenamento de computadores devolvidos, o que fazer com alguns que não foram levantados, e perceber também se as orientações relativas à devolução dos manuais escolares vão chegar a tempo de conciliar ambos os processos. Estas são algumas questões levantadas por directores de agrupamentos no âmbito de um processo que é “novo” e que respeita à devolução, no caso dos alunos de alguns ciclos, dos computadores entregues pelo Ministério da Educação.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários