Johnny tem cancro terminal e veio ao Porto ver o City ser campeão europeu

Maioria dos 16.500 adeptos que vai estar no Dragão chegou esta manhã. Máscaras e distanciamento físico são uma miragem em vários pontos da cidade.

manchester-city,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,porto,
Fotogaleria
Johnny Quest
manchester-city,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,porto,
Fotogaleria
manchester-city,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,porto,
Fotogaleria
manchester-city,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,porto,
Fotogaleria
manchester-city,desporto,chelsea,liga-campeoes,futebol-internacional,porto,
Fotogaleria

“Tenho cancro terminal nos ossos e ver o City ganhar a Liga dos Campeões seria a cereja no topo do bolo”: apesar do teor sombrio da declaração, os olhos azuis de Johnny Quest mantêm um brilho de entusiasmo. Coberto com as cores e adereços do Manchester City, o septuagenário não esconde que a vontade de ver uma vitória dos “citizens”, neste sábado, é uma espécie de “desejo final”. A curta esperança de vida foi comunicada pelo médico no início da pandemia e Johnny quer aproveitar ao máximo a viagem ao Porto.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários