Como é que a Bielorrússia desviou um avião comercial europeu?

Um avião da Ryanair fez uma aterragem de emergência em Minsk a pretexto de um alerta de segurança falso. O objectivo das autoridades da Bielorrússia era prender o jornalista dissidente Roman Protasevich, exilado na Lituânia.

mundo,uniao-europeia,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
O avião durante as buscas realizadas no aeroporto de Minsk,O avião durante as buscas realizadas no aeroporto de Minsk EPA,EPA
mundo,uniao-europeia,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
O jornalista Roman Protasevich, durante uma audiência num tribunal de Minsk, em 2017 Reuters
mundo,uniao-europeia,alexander-lukashenko,russia,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Uma imagem gráfica do percurso do avião desviado Reuters/FLIGHT RADAR 24

Bruxelas e Washington acusam o regime de Alexander Lukashenko de “sequestro de avião” e exigem a libertação imediata de Roman Protasevich, o jornalista preso quando o voo comercial em que seguia aterrou em Minsk. A bordo seguiam membros do KGB, a polícia secreta bielorrussa.